ANO: 2010
ONDE: Teatro Vivo (São Paulo – SP)

Do original Look Back in Anger, texto do dramaturgo, roteirista e ator inglês John Osborne, transformou-se em Olhe para Trás com Raiva a partir da fiel tradução de Antonio Guimarães e Angela Ramalho e da cuidadosa e eficiente adaptação de Marcos Daud. Nesta montagem, o elenco é formado pelos atores Sérgio Abreu, Karen Coelho, Thiago Mendonça e Maria Manoella.

A peça é em grande parte autobiográfica, baseada em momentos da vida em comum de Osborne (1929-1995), com sua esposa Pamela Lane. Encenada em 1956 pela English Stage Company, no Royal Court Theatre, ela representa a renovação do teatro inglês na década de 1950, assinalando a ruptura de repertórios e montagens convencionais do teatro londrino da época.

Neste drama, o ator Sergio Abreu interpreta Jimmy Porter. As atitudes do protagonista traduzem a rebeldia, desencadeada por uma latente raiva, peculiar da geração pós-guerra na Inglaterra, momentos em que jovens dotados de talento e cheios de projetos têm frustradas suas possibilidades artísticas e sociais. Na peça, a revolta contra o conservadorismo de uma sociedade altamente hierarquizada, com desigualdades sociais, intolerância, preconceitos e dissimulações são discutidas por meio do agressivo e brilhante Jimmy.

Para Ulysses Cruz, ele é uma espécie de Hamlet. “Igual ao príncipe da Dinamarca, ele sabe que deve agir, mas nada faz. A sua compreensão do mundo é um convite para a nossa imediata identificação com ele, que nos atrai por ter pensamentos de qualidade e prazerosos ao mesmo tempo”.

A inteligência dos personagens, o jogo cênico estruturado com perfeição, a verve do autor e, evidentemente, o fato de ser um clássico do teatro contemporâneo, prometem levar boas reflexões e envolvimento da plateia. Comportamentos e sensações que justificam as delícias da sexta arte.

 Ficha Técnica:

Texto – John Osborne
Direção –
Ulysses Cruz
Diretor Assistente –
Ravel Cabral
Tradução –
Antonio Guimarães e Angela Ramalho
Adaptação –
Marcos Daud
Produção Geral –
Daniel Torrieri Baldi e Sergio Abreu
Cenário –
Milton di Biasi
Figurino –
Beth Filipecki e Renaldo Machado
Desenho de Luz –
Domingos Quintiliano
Direção Musical e Trilha –
Victor Pozas
Direção de Produção –
Daniel Torrieri Baldi
Produção Executiva –
José Luiz Coutinho
Diretor de Cena –
Nicolau Ayer
Preparação Vocal –
Elenice Bucci e Jane Celeste Guberfain
Assistente de Produção –
Wagner Pacheco e Mariana Marcondes
Assistente de Cenário –
Monica Nassif
Assistente de Iluminação –
Marcos Fávero
Assistente de Direção Musical –
Janaina Moura
Efeitos Sonoros –
Laércio Salles
Músicos –
Victor Pozas e Pedro Milman (orquestrações) e José Arimatea (trompete e flugelhorn)
Cenotécnica –
Mateus Fiorentino Nanci, Isis Angrisani, Denis Chimanski, Maicon Antunes, Cezinha
Montagem de Luz –
Robson Bessa e João Victor Lima
Operador de Luz –
Luiz Ricobom
Operação de Som –
Vitor Osório
Camareira –
Edite Nartis Sanches
Contra-regra –
Beto Martins
Cabelo e Maquiagem –
Rose Negretti
Administração –
Fernando Rossilho
Assessoria Jurídica –
Maristela Bueno
Assessoria de Imprensa –
Morente Forte
Design Gráfico e Fotógrafo –
Igor Polachini
Comercialização –
Rock Star, Elo3 e Desembuxa Entretenimento
Elenco –
Sergio Abreu, Karen Coelho, Thiago Mendonça e Maria Manoella

Sem Comentários ainda.

Adicione seu comentário